São ritualísticas mais internas, realizadas em cultos voltados a Anúbis, ou seja, são trabalhos que envolvem o destino, as leis e curas. Nestas ritualísticas, trabalhamos a força das relações e das uniões do sagrado feminino com o sagrado masculino, trabalhos magnéticos de amor, fecundidade e colheita.